top of page

4,5 milhões de pessoas estão com segunda dose da vacina contra a Covid-19 atrasada em São Paulo

Dado foi divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde nesta segunda-feira (22)



A Secretaria de Saúde de São Paulo informou nesta segunda-feira (22) que 4,5 milhões de pessoas estão com a segunda dose da vacina contra a Covid-19 em atraso no estado.


Ao todo, 2,6 milhões vacinas da AstraZeneca, 1 milhão da Pfizer e 867,8 mil da Coronavac precisam ser aplicadas para zerar a fila de atraso da segunda dose.


Maioria das segundas doses em atraso é da vacina AstraZeneca (FOTO: Governo de SP)

Atualmente, o prazo entre a primeira e a segunda dose em São Paulo é de oito semanas para a vacina da AstraZeneca, 21 dias para a Pfizer e 28 dias para a Coronavac.

Segundo o governo estadual, a responsabilidade de localizar e convocar os moradores que não cumpriram o prazo da segunda dose é das prefeituras.



Dose de reforço



O governo de São Paulo aderiu à medida e tem imunizado todas as pessoas maiores de 18 anos com a dose adicional, desde que tenham completado o ciclo vacinal há pelo menos cinco meses.


Quem tomou a dose única da vacina da Janssen há dois meses ou mais também pode receber uma dose extra contra a Covid-19.


6 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page