top of page

Aulas presenciais retornam na próxima segunda-feira (27) em Taboão da Serra

Pais e responsáveis receberão orientações sobre retorno das aulas nas escolas municipais


A Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia de Taboão da Serra anunciou o retorno das aulas presenciais nas escolas do município para a próxima segunda-feira (27). As aulas estavam suspensas desde o dia 23 de março de 2020, por recomendação do governo estadual.


Por conta das restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus, as escolas receberão apenas 30% dos alunos por dia e o retorno às aulas será facultativo. Para garantir a segurança dos estudantes, os professores e demais profissionais das unidades escolares foram todos vacinados com duas doses ou a dose única contra a Covid-19.


Escolas municipais terão aulas presenciais retomadas gradualmente (FOTO: Secom/PMTS)



O Comitê de Combate à Covid-19 de Taboão acompanhará o retorno das aulas presenciais. “A equipe continuará verificando a situação da doença no município e se haverá o surgimento de casos de Covid-19 na comunidade escolar. A partir dessa avaliação, será definido se é possível ou não avançar para as próximas fases do Plano de Retomada e, consequentemente, ampliar o número de alunos atendidos pelas escolas”, explicou o prefeito Aprígio.


A secretária de Educação do município, Dirce Takano, detalhou ainda o retorno do atendimento nas creches de Taboão. “As creches municipais com período integral funcionarão com capacidade diária de 50% dos alunos. Todas as crianças serão divididas em grupos e a própria escola comunicará as famílias qual o dia da semana elas deverão vir”, comentou.


As crianças que não retornarem à escola momentaneamente por vontade dos pais ou responsáveis continuarão a assistir às aulas pelo sistema remoto Google Classroom. As apostilas do terceiro bimestre foram entregues a todos os alunos para que acompanhem o conteúdo lecionado presencialmente ou via internet.


A Prefeitura ressaltou ainda que o Cartão “Merenda na Mesa” continuará a ser entregue aos 28.500 alunos beneficiados até dezembro deste ano. O crédito, no valor de R$ 70 mensais, auxilia as famílias na compra de alimentos e impulsiona a economia local. Segundo estimativas, serão injetados mais de R$ 17 milhões em comércios do gênero alimentício na cidade até o fim de 2021.


4 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page