top of page

Governo de São Paulo permite shows e eventos esportivos com menos restrições a partir de hoje

Estabelecimentos comerciais também podem funcionar sem horário e público pré-definido


O Governo de São Paulo passa a permitir eventos com menos restrições a partir desta segunda-feira (1). Casas de shows, baladas, estádios de futebol, ginásios poliesportivos e demais espaços podem ocupar suas capacidades máximas.


Cada município terá liberdade para definir se segue ou não a orientação do governo estadual. A capital paulista decidiu adotar as novas medidas de imediato.


Veja abaixo o que muda a partir de hoje e quais regras permanecem em vigor:



Eventos esportivos


Estádios de futebol estão liberados para receber 100% da capacidade

Estádios de futebol e ginásios poliesportivos podem receber 100% da capacidade. A entrada nos jogos, porém, é liberada apenas para quem comprovar que completou o ciclo vacinal (tomou as duas doses ou a dose única da vacina contra a Covid). Pessoas que tomaram apenas uma dose podem comparecer, mas precisam apresentar um teste PCR com resultado negativo feito em até 48 horas antes do início do evento.


Shows e baladas


As casas de shows passam a realizar espetáculos com o público de pé e com 100% da capacidade do local, assim como as baladas. As regras de entrada são as mesmas dos eventos esportivos, é preciso estar com o esquema vacinal completo ou apresentar um teste PCR com resultado negativo feito em até 48 horas antes do início do show/ingresso na balada.


Estabelecimentos comerciais


Os estabelecimentos comerciais estão liberados das restrições de horários e devem manter apenas as regras de distanciamento social e higienização.


Uso de máscara e medição de temperatura corporal


O uso de máscara continua obrigatório em todo o estado, seja em ambientes fechados ou ao ar livre. A entrada em eventos também segue condicionada à medição de temperatura corporal.


Eventos sem controle de público


Os eventos sem controle de público (quando os organizadores não têm como saber quantas pessoas comparecem) continuam proibidos.


Otimismo para 2022


O alto índice de vacinação e a queda no número de casos de Covid-19 geram otimismo entre os administradores públicos.


A Prefeitura de São Paulo, por exemplo, planeja receber o maior carnaval da história da cidade no próximo ano, além de esperar ser possível acabar com todas as restrições impostas pela pandemia até o evento.



4 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page